Projetos

Gerenciamento de Projetos

Curitiba: A Nova Chicago


Por Sidnei Luiz Speckart | Tungado do Blog Ogro Da Floresta

O maior sucesso do cinema brasileiro tem seu roteiro escrito neste momento. Aliás, como o povo que se reunia na acrópole, nós que moramos aqui somos co-participantes da trama. Como um séquito de figurantes aguardamos o desfecho final e a chegada do mocinho e da mocinha no set. A poucos metros de nossas casas, mas a nano-segundos das nossas cabeças nosso Elliot Ness, o mocinho, reúne, pela primeira vez: respeito, dedicação, trabalho árduo, reputação, autoridade, estratégia, perspicácia e um ritmo que vem encantando a mais exigente platéia. A cada dia, a cada prova, a cada larápio detido, obtém mais adeptos à causa. A trama do roteiro se desenvolve a tal ponto que o desfecho final se dará num clima de comoção popular e total apoio. Que capitão Nascimento, que nada. O juiz Moro levará a toga da dignidade ao tapete vermelho com a faina de um estrategista militar e de um planejador de marketing. Nós que crescemos de olho na máfia de toga hoje vemos que estes eram aprendizes de feiticeiro perto da “cosa mostra” que está sendo desbaratada a partir de Curitiba. E o roteiro nos leva longe, até a América Central, onde estava um dos principais agentes da fase final deste filme.

Nacionalismo, feminismo, ação, suspense, reviravoltas impensáveis, crimes, mortes, fugas, corrupção, abuso de poder, oligarquias, marionetes em defesa, inocentes úteis nas redes sociais, claque de artistas, gente graúda caindo, milícias de sem-terra, sem-teto, sem-cabeça incitando ao terror….enfim, nosso roteiro tem tudo o que precisa para um grande prêmio de academia de cinema.

Mas não pensem que fica só nisso. Ainda tem financiamento de campanhas com lucros na compra de caças cuja fornecedora que tem como parceiro um dos maiores magnatas do mundo do setor de energia. Este, comparsa de longa data da marionete bem humorada e ensacadora de vento que antes ocupava a pasta de Minas e Energia do governo Capone. Enfim, reviravoltas, intrigas e armações não faltarão.

E o desfecho, como no caso da máfia de Chicago, acontecerá não pela mão das armas, mas por uma bobagem não pensada pelos arquitetos da manutenção do poder. Como todo semideus, que se entende acima do bem e do mal e, portanto, menospreza quem está abaixo da sua linha de pança, este também vai cair pela língua e pela fanfarronice de castelos no Guarujá ou sítios com antenas particulares. Vai cair pela ostentação, vai cair por mandar o povo comprar brioches na falta de pão.

 


 

Sidnei Luiz Speckart

Publicitário com especialização em Marketing Industrial e Gerenciamento de Marketing, professor universitário e gestor de inovação e novos negócios.

Saiba mais: http://www.ogrodafloresta.com.br/2016/03/01/curitiba-a-nova-chicago/#ixzz41gPFWu9j
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

 

Anúncios

março 1, 2016 Posted by | Texto | , | 1 Comentário

STF suspende a nova regra no recolhimento do ICMS


No dia 17/02/2016, o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu as novas regras de cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). A nova forma de recolhimento do ICMS (que estava em vigor desde o início de 2016) foi suspensa devido aos prejuízos causados aos pequenos negócios – especialmente ao e-commerce.

Até o fim do julgamento, as micro e pequenas empresas que vendem para fora de seus estados de origem voltam a pagar apenas o Simples Nacional em suas transações.

Para mais informações, consulte:
http://www.agenciasebrae.com.br/sites/asn/uf/NA/STF-suspende-decis%C3%A3o-do-Confaz-que-prejudicava-e%E2%80%93commerce

http://g1.globo.com/economia/pme/noticia/2016/02/stf-concede-liminar-que-suspende-mudanca-no-recolimento-do-icms.html

março 1, 2016 Posted by | Notícias, tendência de mercado | , , | Deixe um comentário

APAGÃO DE TALENTOS: Como ser uma luz nesta escuridão?



*Odilon Medeiros

O Brasil está numa em uma ótima fase no que se refere aos aspectos ligados à produção. Duvida? Então, consulte os dados recentes do IBGE. Eles apontam para o fato de que, a atividade industrial, em nível nacional no primeiro semestre expandiu 1,7% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

O aumento na produção, quase sempre, representa novas contratações e, ao mesmo tempo, mais investimentos em desenvolvimento tecnológico, independente da área. Esses novos processos precisam de pessoas capacitadas para conduzi-los de modo a trazer retorno sobre o investimento realizado. Mas, onde estão esses profissionais? Difícil encontra-los…

Para que se possa ter uma ideia, no Brasil, a falta de profissionais qualificados é a maior preocupação de 71% dos CEOS entrevistados na pesquisa “Global CEO Sudy 2010”, realizada pela IBM.

E o que é pior: há uma carência geral, já que engloba profissionais de todas as áreas e de todos os níveis.

Devido a essa situação, está havendo um movimento de certa forma, inusitado. Estrangeiros, inclusive de países do primeiro mundo, estão aprendendo o português e querendo vir morar no Brasil para aproveitar essas oportunidades.

Neste cenário, surge um questionamento: como os profissionais brasileiros podem tirar proveito desta situação? E a resposta é: investindo na sua empregabilidade. Para fazer isso, o primeiro passo é ter consciência de que o profissional é quem é o responsável pelo desenvolvimento da sua carreira. Aquela época na qual apenas a empresa investia no desenvolvimento do profissional passou. O problema, nesta situação, é que muita gente não se deu conta desta mudança e ainda está aguardando que chegue alguém para investir na sua carreira.

A partir desta consciência, é importante fazer cursos, seminários ou palestras, ler muito sobre o ramo que deseja atuar, trabalhar bem o seu marketing pessoal, investir no networking, fazer cadastramento em grupos virtuais de relacionamento profissional e investir na comunicação. Ser proativo, dinâmico e auto motivado. É fundamental lembrar de fazer tudo isso com seriedade e comprometimento e buscar apresentar diferenciais.

Atualmente existem muitas maneiras de reduzir esse apagão: cursos a distancia (EAD), aumento do número de instituições de ensino, flexibilização nos pagamentos dos valores das mensalidades, etc. Tudo para facilitar a vida de quem não tem tempo, não tem dinheiro, não tem…, não tem…, não tem… E tem um monte de desculpas para dar.

Saiba que qualquer pessoa pode contribuir para acabar com esse apagão. Inclusive você.

Assim, seja a luz que as empresas procuram!

Odilon Medeiros – Mestre em Administração, Especialista em Psicologia Organizacional, Pós-graduado em Gestão de Equipes, MBA em Vendas, consultor e palestrante nacional sobre tópicos ligados à gestão com pessoas. www.odilonmedeiros.com.br 

novembro 29, 2011 Posted by | artigo | , , | Deixe um comentário

A mensagem contida num logotipo


A arte de fazer um logo é expressar suas idéias, valores, produtos, etc, nas menores linhas possíveis, usando sempre cores simples. Veja abaixo alguns exemplos de logos que souberam passar uma ou mais idéias em simples linhas.

Começando com o clássico logo do Carrefour, que depois de muitas teorias sobre saci azul, alienígena de gorro e gorda de biquíni, vemos que é um simples C vazado.

Parece só o nome da empresa escrito de forma estilosa, mas o VA na verdade significa o sinal analógico e o IO significa a linguagem binária dos computadores

Reparem na seta entre o E e o X. Velocidade.

A seta amarela não é só um sorriso, sugere que na Amazon você acha tudo de A a Z.

Clássico sempre dá as caras aos domingos, o espaço entre o F e as linhas de velocidade que formam o 1 forma outro 1.

Empresa de pneus, reparem no CO que formam seu produto.

Famoso chocolate. Repare no urso que o alpe suíço forma.

As penas coloridas do logo da emissora americana representam seus 6 departamentos, a cabeça do pavão representa o telespectador.

Site para compra de fonts, reparem que o My formam uma mão.

Marca genérica de Doritos, reparem nos dois Ts alegres e o molho entre eles.

O balançar na tacada de golf forma a cabeleira dos elmos dos guerreiros e seu corpo forma o rosto do mesmo.

Joalheira novaiorquina chamada Snooty Peacock, reparem no pavão formado pelo rosto da mulher

Empresa de avião que tem em seu logo uma seta apontando para… o noroeste.

O logo da ONG em prol da África tem à primeira vista só o mapa do continente,

mas depois percebe-se uma criança e uma mulher se olhando.

Families é uma revista familiar do grupo Reader’s Digest, as letras ILI formam membros da família,

O espaço entre a perna e o braço tem o formato do mapa da Austrália.

Elettro Domestici é uma empresa de eletrodomésticos e eletrônicos britânica, além de formar suas inicias, o logo também forma uma tomada.

O logo do zoológico do Bronx tem as pernas das girafas formando seus prédios, natureza no meio da cidade.

Sorveteria americana que em seu logo faz referencia aos seus 31 sabores disponíveis.

Companhia área que tem entre suas letras, o desenho de uma avião.

Empresa de consultoria chamada E2. Simples.

 

outubro 31, 2011 Posted by | Dicas | , , , , | Deixe um comentário

As principais habilidades de TI para 2012


Fonte: TechRepublic
Por Toni Bowers
Traduzida e versionada por Paulino R. e Silva 

A última pesquisa da Computerworld indica as nove habilidades de TI que serão mais requisitadas em 2012.

 Quase 29% dos 353 executivos de TI que foram entrevistados pela pesquisa de projeção anual da Computerword disseram que planejam aumentar o pessoal de TI no próximo ano. (isto é 23% superior ao levantamento de 2010 e 20% superior à pesquisa de 2009).

Aqui estão as habilidades que os executivos irão procurar para as próximas contratações:

  • Programação e Desenvolvimento de Aplicações  61% planejam contratar estas habilidades nos próximos 12 meses, número 44% superior à avaliação de 2010. Isto cobre a gama de desenvolvimento de websites até, atualização de sistemas internos e reunião de necessidades de usuários móveis. 
  • Gerenciamento de Projetos (mas com uma observação)  – A observação é que não se procura apenas pessoas que podem supervisionar e monitorar projetos. Também são procurados profissionais que também possam identificar as necessidades dos usuários e traduzi-las para o pessoal de TI e para os cada vez mais populares Analistas de Negócios
  • Help Desk/ e o Suporte Tecnico a Sistemas Operacionais Móveis acrescentaram uma nova dimensão ao help desk e suporte técnico
  • Networking – Essa demanda está sendo abastecida parcialmente pela virtualização e projetos de computação em nuvem. A pesquisa também revelou que os executivos irão procurar pessoas com experiência em VMware e Citrix.
  • Business Intelligence ‘B.I’ – A Computerworld interpreta este aumento como uma mudança de foco, para redução de custos para investimento em TI, em muitas empresas. Seria muito bom se esta tendência tomasse outros caminhos.
  • Virtualização de Data-Centers e Clouding deverão estar atrás do aumento de necessidades por profissionais de TI com experiência em operações e integração de sistemas.
  • Web 2.0 – habilidades técnicas centradas em mídia social e derivados vão gerar demanda, com .Net, AJAX e PHP como chaves para as habilidades back-end e com HTML, XML, CSS, Flash e Javascript, dentre outras, para o front-end. 

  • Networking – Essa demanda está sendo abastecida parcialmente pela virtualização e projetos de computação em nuvem. A pesquisa também revelou que os executivos irão procurar pessoas com experiência em VMware e Citrix.
  • Segurança – Pelo menos para 32% dos entrevistados no questionário de 2010, a segurança constituiu a principal preocupação dos executivos de TI.
  • Telecomunicações – A pesquisa indica a demanda por pessoas com habilidades em telefonia IP, e para aqueles familiarizados com o sistema de call center Cisco IPCC.

Estatísticas Emprego e Oportunidades

outubro 27, 2011 Posted by | Dicas, Planejamento | , | 1 Comentário