Projetos

Gerenciamento de Projetos

BRDE já emprestou mais de R$ 1 bilhão


fonte: parana-online

Rosângela Oliveira [31/03/2007]

Foto: Fábio Alexandre

Carlos Marés: banco está chegando à maioridade.

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) ultrapassou, em 2006, R$ 1 bilhão em operações financeiras contratadas nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Isso representa um crescimento de 4% sobre o ano anterior. As operações investidas somaram R$ 1,6 bilhão, que reverteram numa arrecadação de R$ 111 milhões de ICMS nos três estados. No Paraná, o BRDE financiou R$ 337 milhões em um total de 3.229 operações de crédito.

Os números foram divulgados ontem na agência Curitiba pelo diretor-presidente do BRDE, Carlos Marés, que avaliou que com esses números o banco atingiu sua maioridade. “Viemos de um processo de quase falência há cinco anos para atingir essa marca histórica de R$ 1 bilhão de financiamentos”, comentou. Marés não quis fazer previsões para 2007, mas admitiu estar otimista com a repetição dos resultados, apostando que se o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal realmente atingir seus objetivos, poderá ter reflexo nos financiamentos. “Se houver melhora no parque industrial isso poderá refletir”, falou.

O diretor financeiro do Paraná, Paulo Furiati, destacou que grande parte dos resultados de 2006 foram conquistados através de parcerias com as cooperativas de crédito. “Nós temos apenas uma agência em Curitiba, mas chegamos a diversos municípios usando a estrutura das cooperativas de crédito”, comentou. Neste ano o banco irá trabalhar junto ao governo federal para conseguir a mudança na liberação de recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que hoje chega aos bancos regionais através do BNDES. “A garantia de operação é nossa, então não vemos por que acessar esses recursos apenas através do banco federal”, comentou.

Números

O montante registrado no ano passado representa um crescimento nominal de 133,7% em relação ao total financiado em 2002, de R$ 428 milhões. Com esse desempenho, o BRDE subiu no ranking nacional das instituições credenciadas a operar linhas de crédito do BNDES, passando da 14.ª para a 8.ª posição.

Na modalidade conhecida como BNDES/Automático, voltada preferencialmente para pequenas e médias empresas, o banco regional atingiu a liderança, com R$ 230 milhões desembolsados. Além disso, o BRDE, entre as instituições financeiras sem carteira comercial, está em terceiro lugar, atrás do BNDES e Banco Volkswagen.

O setor que mais buscou crédito foi a agropecuária (R$ 316 milhões), seguida da indústria (R$ 283 milhões), infra-estrutura (207 milhões) e comércio e serviços (R$ 194 milhões). Santa Catarina absorveu 41,7% das liberações, o Rio Grande do Sul 30,2% e o Paraná 28,1%.

Anúncios

abril 2, 2007 - Posted by | Dinheiro, Financiamento, Notícias

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: